Make your own free website on Tripod.com

Astronomia

Viajando com um telescópio

Tal como eu mencioneu na minha página de motivação, eu estou viajando à volta do mundo levando um pequeno telescópio comigo. Eu quero dar uma oportunidade a crianças por esse mundo fora de poder ver o céu através de um telescópio.

O telescópio que eu levo comigo é um pequeno telescópio reflector newtoniano, assim chamado porque Isaac Newton foi o primeiro a apresentar tal conceito. Este tipo de telescópio utiliza um tubo, aberto numa das pontas, que é apontada para o céu. Na outra ponta encontra-se um espelho, que recolhe a luz que vêm das estrelas ou planetas através da abertura e foca e reflecte a luz em direcção
Diagrama de um telescopio reflector Newtoniano
Um telescópio reflector newtoniano. A luz que chega do céu é focada pelo espelho primário e reflectida 90° para o lado, aonde pode ser observada através duma lente.
a outro espelho, suspenso perto da abertura dentro do tubo. Este é o espelho secundário, cuja função é flectir a luz para o lado, de modo a permitir a sua observação sem que se obstrua a abertura do telescópio. Outro pequeno tubo é então ligado a esta abertura no lado, aonde a luz vinda do telescópio vai ser focada. Este é o local aonde diferentes lentes, conhecidas por oculares, são usadas para ampliar a imagem e permitir ver a área do céu para a qual o telescópio está apontado. Lembre-se de NUNCA apontar um telescópio, binóculos ou olhar directamente para o sol. O sol emite uma quantidade fenomenal de energia e uma exposição directa pode causar danos irreparáveis nos olhos. O sol também é o objecto mais brilhante no céu.

O espelho primário do telescópio, que determina o nível máximo de detalhe que pode ser visto, têm um diâmetro de quatro polegadas e meia. Apesar do facto de isto ser pequeno para um telescópio reflector, isto é o tamanho máximo que eu posso transportar realisticamente na minha mota. Mesmo assim isto é suficiente para permitir boas imagens da lua, das estrelas, dalgumas galáxias e nebulosas, e mesmo permitir algum detalhe dos planetas. O grau de ampliação é determinado pela combinação da distância focal do telescópio, que no meu caso é de 500 mm, e pelo ocular. Por exemplo, com um ocular de 20 mm, a ampliação é de 500 ÷ 20 = 25×. Na práctica a ampliação máxima é limitada pela abertura do telescópio, ou pela quantidade de luz que consegue recolher. Em regra consegue-se uma ampliação práctica de 60× por cada polegada de abertura, resultando numa ampliação máxima de 270×, o que é mais do que suficiente para um número determinado de objectos.

O tubo do telescópio vai ser montado num tripé de alumínio robusto ligado por uma base equatorial. Este tipo de base é bastante pesada, mas produz uma melhor experiência, quando se mostram objectos no céu a um grupo de pessoas, porque a construção deste tipo de base permite ao telescópio seguir o movimento natural do céu.

Fantástico! Como é que eu posso marcar uma demonstração?

Bem, primeiro dê uma olhadela pela minha posição actual e qual o meu destino no futuro próximo. Se não consegue ver a sua vila ou país, veja o meu itinerário planeado para ver qual o meu percurso eventual. Se mesmo assim isto não ajuda, por favor mande-me uma mensagem e peça-me por ajuda. O meu itinerário não está fixo em pedra e fazer um desvio de algumas centenas de quilómetros (ou mesmo milhares) é perfeitamente possível e pode até ser desejável.

Uma vez determinado que eu vou passar pela sua região, contacte-me e nós poderemos marcar uma sessão de observação do céu usando o telescópio, ou se prefere eu também posso dar apenas uma apresentação sobre astronomia (esta poderá ser a única opção se estiver a chover ou muito enublado).

Para uma observação do céu com um telescópio, existem os seguintes requísitos:

Além de observar o céu com um telescópio, eu posso também dar uma pequena apresentação acerca de astronomia, usando o meu computador portátil. Para tal, o melhor é ter a disponibilidade de um projector LCD (eu não tenho um)
A terra vista pela Apollo 17
A terra vista pela Apollo 17, voltando da lua em 1972 (NASA)
ou um monitor de computador. Se nenhuma dessas opções é possível, eu posso também mostrar a apresentação directamente no computador portátil. Também seria uma boa ideia haver uma tomada eléctrica, visto que o meu computador não ter uma bateria (eu comprei-o usado). A apresentação é basicamente uma colecção de imagens do nosso universo.

Sendo assim, mande-me uma mensagem e eu terei muito gosto de organizar ume sessão de observação com o telescópio ou uma apresentação.